CEFAM Funcionários e familiares desconto na tarifa de energia elétrica de 15% até 22% – CEMIG DESCONTO CONTAGEM MG

Desconto na tarifa de energia elétrica

 

Agora os funcionários e familiares do CEFAM – Centro de Fonoaudiologia e Medicina, tem redução no valor da conta de luz todos os meses.

O CEFAM, em parceria com a Lis Light, tem como proposta gerar energia limpa e baratear em até 22% a energia consumida em residências e empresas, facilitando a vida das pessoas.

A geração de energia solar é feita em um parque com rica irradiação solar. A Fazenda do sol gera a energia que você consome de forma limpa e sustentável, sem investimento, sem obras e sem fidelidade.

O objetivo é permitir que as pessoas possam reduzir seus custos, em até 22%, com a energia renovável, em forma de compensação na conta de luz.

Como funciona

Ao aderir ao consorcio (pessoa jurídica) ou cooperativa (pessoa Física), que é feito com um simples cadastro no site da Lis, você contrata a quantidade de energia conforme seu perfil de consumo.

Esta cota de consumo é calculada com base no histórico de suas últimas 12 contas de energia. A energia chega até você através da rede da CEMIG, que continua sendo responsável pela entrega e medição mensal.

 

Como ganhar desconto na conta de luz Cemig em todo estado de Minas Gerais?

Cemig BH – A maior empresa de geração e distribuição compartilhada de energia solar de Minas Gerais.

Conta de luz da Cemig – Lis Ligth

01) Investimento zero.
02) Sem obra.
03) Sem qualquer tipo de taxa.
04) Tudo feito 100% online.
05) E sem fidelidade.

 

Basta nos enviar no e-mail abaixo.

(admin@descontocontadeluz.com.br)

Iremos cadastra-lo em uma de nossas usinas para receber o desconto, feito o cadastro você recebe um contrato por e-mail para assinar virtual.

Tudo muito simples e rápido. Investimento zero, tudo feito 100% online e sem fidelidade.

 

Lista de documentos que você deve nos enviar por e-mail (admin@descontocontadeluz.com.br) para que possamos fazer seu cadastro e conceder o seu desconto.
 

Empresarial:

Enviar por e-mail (admin@descontocontadeluz.com.br)
Economia de até 15 a 22% na sua conta de energia;

Sem investimentos;
Energia sustentável;

Documentos digitalizados necessários:

01) cópia da última conta de energia elétrica da Cemig;
02) cópia do contrato social;
03) cópia do cartão CNPJ;
04) cópias da identidade e CPF de todos os sócios;
05) Um e-mail do responsável;
06) telefone de contato.

Residencial:

Enviar por e-mail (admin@descontocontadeluz.com.br)
Economia de 15% na sua conta de energia;
Sem investimentos;
Energia sustentável;

Documentos digitalizados necessários:

01) copia da ultima conta de energia elétrica da Cemig;
02) cópias da identidade e CPF;
03) Um e-mail do responsável;
04) telefone de contato;

 

A geração de energia solar é feita no parque Solar Fazenda do Sol, em Uberlândia/ MG, região com rica irradiação solar.

A Fazenda do sol gera a energia que você consome de forma limpa e sustentável, sem investimento, sem obras e sem fidelidade.

O objetivo é permitir que as pessoas possam reduzir seus custos com a energia renovável, em forma de compensação na conta de luz.

COMO FUNCIONA

Ao aderir ao consorcio (pessoa jurídica) ou cooperativa (pessoa Física), que é feito com um simples cadastro no site da Lis, você contrata a quantidade de energia conforme seu perfil de consumo.

Esta cota de consumo é calculada com base no histórico de suas últimas 12 contas de energia.
A energia chega até você através da rede da CEMIG, que continua sendo responsável pela entrega e medição mensal.

BENEFÍCIOS DA lis Light

Nosso principal benefício é a economia de energia sem nenhum investimento!

Você pode consumir sua própria energia sem custo e sem fidelidade.
Produzir e consumir sua energia de forma sustentável, aproveitando o potencial solar do Brasil, é outra vantagem para você.

Por último, e não menos importante, parte da sua economia apoia o maior projeto de proteção do cerrado mineiro.

Venha conhecer a lis Light! Geramos energia limpa e injetamos na rede da CEMIG. Investimento zero, tudo feito 100% online e sem fidelidade.

 

Visite nosso site e comece a economizar hoje mesmo!

 

Visite nosso site e comece a economizar hoje mesmo! lis Light Cemig BH MG

 

Avenida Raja Gabaglia 2000 – sala 931 – Torre 01 Estoril
Belo Horizonte – MG, CEP:30.494-170

CNPJ 39.698.607/0001-22

Dúvida pelo WhatsApp 31 99506-1099
ou pelo nosso site:
https://descontocontadeluz.com.br

 

Desconto na tarifa de energia elétrica

Desconto na tarifa de energia elétrica

 

 

 

Lis Light

 

A Lis chegou para facilitar a vida dos brasileiros na hora de pagar a conta de energia elétrica.

A proposta da Lis é de gerar energia limpa e baratear em até 22% a energia consumida em residências e empresas, facilitando a vida das pessoas nesse momento de pandemia.

A geração de energia solar é feita no parque Solar Fazenda do Sol, em Uberlândia/ MG, região com rica irradiação solar. A Fazenda do sol gera a energia que você consome de forma limpa e sustentável, sem investimento, sem obras e sem fidelidade.

O objetivo é permitir que as pessoas possam reduzir seus custos, em até 22%, com a energia renovável, em forma de compensação na conta de luz.

COMO FUNCIONA

Ao aderir ao consorcio (pessoa jurídica) ou cooperativa (pessoa Física), que é feito com um simples cadastro no site da Lis, você contrata a quantidade de energia conforme seu perfil de consumo.

Esta cota de consumo é calculada com base no histórico de suas últimas 12 contas de energia. A energia chega até você através da rede da CEMIG, que continua sendo responsável pela entrega e medição mensal.

BENEFÍCIOS DA Lis

Nosso principal benefício é a economia de energia sem nenhum investimento! Você pode consumir sua própria energia sem custo e sem fidelidade.

Produzir e consumir sua energia de forma sustentável, aproveitando o potencial solar do Brasil, é outra vantagem para você.

Por último, e não menos importante, parte da sua economia apoia o maior projeto de proteção do cerrado mineiro.

Venha conhecer a Lis! Geramos energia limpa e injetamos na rede da CEMIG. Investimento zero, tudo feito 100% online e sem fidelidade.

Visite nosso site e comece a economizar hoje mesmo!

Cemig BH MG - Desconto na conta de luz

 
Cemig BH MG - Desconto na conta de luz
 
https://solatioenergialivre.com.br/#funciona
 
COMO FUNCIONA?

É a energia do Sol direto para sua casa ou empresa. Todo mundo ganha, principalmente VOCÊ! Veja como é fácil entender como a energia das nossas usinas chega para todos os clientes.

 
Quem pode participar

Qualquer residência, com consumo médio a partir de 150* kWh/mês, ou empresa que consuma a partir de 200* kWh/mês, atendida em baixa tensão.
*Valor de acordo com o tipo de conexão.

Como funciona

Injetamos a energia solar produzida pelas nossas usinas fotovoltaicas na rede da CEMIG.

Dessa forma, ela é distribuída para as unidades consumidoras (residências e empresas). Esse processo é chamado de Sistema de Compensação de Energia Elétrica (SCEE).

Como funciona

ECOnomia na conta de luz.

  • Energia renovável ECOlógica.
  • Adesão 100% digital.
  • Sem investimento.
  • Sem obras.
Precisa de alguma instalação ou obra?

Não! A nossa energia chega até você pela rede elétrica que já está instalada na sua residência/empresa.

Porque a conta de luz é mais barata?

Porque nossa energia é renovável, limpa e mais barata que a energia gerada por hidrelétricas e termoelétricas, que são as mais comuns.

Quanto custa a adesão?

Absolutamente nada! A adesão é 100% digital e gratuita.

Para fazer a adesão é bem simples: você acessa nosso simulador, preenche os campos com os dados do TITULAR da conta de luz da CEMIG e informa seu histórico de consumo. Se você for apto, basta seguir os passos no simulador que você receberá um e-mail para assinar o contrato digital 100% digital.

Como funciona o contrato 100% digital

Após o preenchimento dos dados necessários, nosso sistema gera um contrato que será enviado ao seu email de cadastro.

Ao clicar para assinar, você deverá fazer um breve cadastro na plataforma para então poder revisar e fazer sua assinatura digital. Depois é com a gente! Faremos a revisão de dados e daremos entrada no procedimento para que você possa começar a economizar o quanto antes, se transformando em um ECOlar ou uma ECOempresa.

Quando começo a economizar?

Caso todos os dados estejam corretos e a adesão for efetivada, enviamos a documentação para a Cemig. A expectativa é de que em até 60 dias você comece a consumir energia mais barata. Não se preocupe, vamos te avisando de todos os passos.

Existe multa para cancelar?

Nós queremos você livre para decidir, portanto não cobramos multas de cancelamento. Pedimos apenas um aviso com antecedência de 90 dias para que possamos realocar a sua parte da usina para outro cliente.

Como fica a conta de luz?

Você continuará recebendo a conta de luz da Cemig, normalmente. Nela será faturada a diferença entre energia consumida e energia gerada pelas nossas usinas. Você também vai receber uma fatura do Consórcio ou da Cooperativa Energia Livre referente à energia entregue pelas usinas, com o percentual de desconto contratado.

O que é energia gerada e energia consumida?

Energia gerada é aquela que nossas usinas entregam à sua unidade consumidora. Cada unidade recebe um volume de energia de acordo com o seu consumo médio anual.

Energia Consumida é o seu consumo mensal no mês corrente.

Para quem pago a energia gerada?

A energia gerada pelas usinas solares deverá ser paga ao Consórcio Energia Livre ou à Cooperativa Energia Livre, conforme condições acordadas entre as partes na adesão da unidade consumidora.

E se o consumo for maior do que a geração?

Se consumir mais kWh do que a energia alocada para sua unidade consumidora, você será cobrado(a) normalmente pela Cemig por esses kWh excedentes.

E se o consumo for menor do que a geração?

Se você consumir menos kWh que a energia alocada para sua unidade consumidora, a diferença ficará como crédito na sua conta de luz, que poderá ser utilizado pela unidade consumidora para abater do consumo nos próximos 60 meses.

Cemig BH – Desconto na conta de luz

Cemig BH maior empresa de geração e distribuição compartilhada de energia solar de Minas Gerais

 
Mineradora de Bitcoin – Cemig BH MG – Desconto na conta de luz: Como minerar Bitcoin?

 

Pensando em minerar Bitcoin? Confira aqui quais são os equipamentos e a estrutura necessária para fazer isso de forma eficiente e segura.

A mineração de Bitcoin é um assunto que se tornou muito procurado recentemente, principalmente após a grande alta de 2017. No entanto, as questões sobre como minerar Bitcoin ainda geram muitas dúvidas naqueles que buscam resposta sobre a viabilidade de gerar criptomoedas.

Existem diferentes fatores que determinam como ocorre a mineração e se ainda vale a pena ou não “fazer Bitcoin”.

Será que é interessante minerar Bitcoin? Ou é hora de buscar outras alternativas? Bom, primeiro de tudo é preciso entender o que é a mineração de uma criptomoeda e como ela funciona.

Como funciona a mineração de Bitcoin

Bitcoin é uma moeda de Proof-of-Work (Prova de trabalho, em tradução livre), isso quer dizer que ela precisa de um certo poder computacional (conhecido também como hashrate) para conseguir confirmar as suas transações.

Como o Bitcoin é descentralizado e não possui nenhum servidor próprio, essa computação é garantida por vários computadores presentes na rede, cada computador é chamado de “Nó” ou “Node”.

Os muitos computadores disputam entre si para resolver uma equação matemática (chamada de Hash) que confirmam uma transação e mantêm a segurança da rede.

O Node que consegue resolver a equação minera um bloco e recebe a recompensa pela atividade como incentivo para os mineradores se manterem na rede. De forma bem simples, é assim que a mineração do Bitcoin funciona.

Recentemente as Pools de mineração se tornaram populares. Ao invés de um computador individual realizando a mineração, centenas ou milhares de máquinas unem o seu poder computacional em um grupo. O valor de Bitcoin adquirido é distribuído entre todos os membros.

Também é necessário prestarmos atenção na Dificuldade de Mineração do Bitcoin, parte da programação do protocolo que se ajusta para que a produção de blocos não fique difícil ou fácil de mais, garantindo a segurança da blockchain sem perder o interesse do minerador de Bitcoin.

A dificuldade é ajustada a cada 2016 blocos, mais ou menos duas semanas, e depende do poder computacional.

Equipamentos

Na teoria, minerar Bitcoin é uma atividade que pode ser realizada em qualquer computador com um bom processador, porém, é preciso dar muita ênfase em “Na teoria.”

No começo da blockchain, era possível utilizar parte do processamento normal de um desktop para minerar Bitcoin e obter um certo lucro, mas com o aumento de interesse em participar da hashrate do Bitcoin, os CPUs começaram a não dar conta da dificuldade da rede e perder para equipamentos mais rápidos.

Existem diferentes equipamentos minerador de Bitcoin, no entanto, para ficar na frente da concorrência e obter lucros é fundamental contar com mineradoras especializadas nessa atividade.

Com a evolução da tecnologia e o aumento na dificuldade da mineração de bitcoins, o uso de computadores domésticos para fazer mineração já não é uma prática comum, mesmo aqueles computadores que contavam com poderosas placas de vídeo. Atualmente há equipamentos específicos para mineração de Bitcoin que tornaram praticamente impossível fazer a mineração de outra forma.

A empresa Bitmain, especialista em chips de circuito integrado específicos de aplicativos para mineração de Bitcoin, por volta de 2014 estreou sua tecnologia chips ASICS, feitos exclusivamente para a mineração da moeda. Por conta disso, as máquinas que contam com este chip performam a atividade de mineração muito melhor do que qualquer outro computador, tornando até mesmo inviável realizar a mineração por outras maneiras.

A máquina que roda o sistema chips ASICS que você deve comprar caso queira minerar seus próprios bitcoins é a Antminer.

Atualmente o valor da última geração da máquina, a Antminer S19, está em torno de US 2.767, equivalente a R$ 14.848,51. E você pode comprá-la aqui!

Como minerar Bitcoin máquina, a Antminer S19

Como minerar Bitcoin máquina, a Antminer S19

Mineradora

Enquanto os CPUs se tornaram fracos demais na mineração de Bitcoins, as GPUs (conhecidas também como placas de vídeo) acabaram adotando o lugar da computação tradicional. A mineração com placas de vídeo ganhou força por volta de 2012 e se manteve por alguns anos.

Até hoje você encontra modelos de minerador de Bitcoin feitos com placas de vídeo, mas mesmo as que possuem 2 ou 4 placas de vídeo em um único nó já não são lucrativas o suficiente para combinar com as novas mineradoras.

Atualmente o mercado é completamente dominado pelas Mineradoras ASIC.

Application-Specific Integrated Circuit, ou Circuitos Integrados de Aplicação Específica, chamados popularmente de ASIC são processadores especializados na mineração de diferentes criptomoedas.

Por ser desenvolvida única e exclusivamente para a mineração, um equipamento do tipo é fundamental para quem quer minerar Bitcoin atualmente. Todas as grandes mineradoras, pequenas ou grandes, utilizam esses equipamentos.

É possível minerar em casa?

Sim, é possível minerar em casa, no entanto, é praticamente impossível obter lucro.

É possível minerar com os equipamentos ASIC, com GPUs, CPUs e muitos outros, recentemente alguns engenheiros conseguiram instalar um programa de mineração no computador do programa Apollo usado na missão tripulada para a Lua nos anos 60.

Mas a mineração em casa é um grande risco de investimento por causa do quanto custa para comprar as máquinas, criar uma instalação necessária, garantir a climatização correta e até mesmo isolamento acústico.

Vale a pena minerar Bitcoin?

Uma mineradora sai caro demais para ser mantida em relação de um possível lucro obtido no mês, pelo menos no Brasil. Por aqui, com o preço da energia custando o dobro da energia do Paraguai e o mesmo da energia dos EUA, não é possível garantir que minerar Bitcoin vale a pena.

Mas claro, vamos explicar para você porque não vale a pena minerar Bitcoin no Brasil. (O segredo é ter energia elétrica barata, aí sim vale a pena) nós temos a solução: https://descontocontadeluz.com.br

SEO Muniz contato WhatsApp 55 31 99506-1099

Custos com máquinas

O primeiro custo que teremos ao colocar uma taxa de mineração é a compra de uma ou mais mineradoras. Uma única mineradora, mesmo que ASIC, não terá poder para gerar um lucro bom o suficiente, por isso é preciso pensar em uma operação com mais de uma máquina.

No entanto, para fins comparativos, pensaremos na compra, instalação e operação de um único modelo Antminer T17, com capacidade de 58 TH(TeraHash)/s

Esse é um dos novos modelos da marca mais utilizada no mundo. Os antigos modelos (Antminer S9) que foram os mais populares há alguns anos, hoje já não são mais lucrativos e até mesmo são vendidos por um preço baixo no mercado secundário.

O modelo mais barato dessa linha no site oficial da Bitmain custa US 2.767, ou seja R$ 14.848,51 em conversão direta para o real.

Mas claro, primeiro precisamos pensar no frete e na possível taxação pela Receita Federal. Para se ter uma ideia, modelos do minerador de Bitcoin Antiminer T17 vendidos aqui no Brasil podem chegar a até R$ 16 mil, o que dá uma ideia dos custos extras com a compra do produto.

Esse é um investimento muito alto para uma atividade que pode ser considerada arriscada, devido a fatores que vamos explicar a seguir.
(O segredo é ter energia elétrica barata, aí sim vale a pena) nós temos a solução: https://descontocontadeluz.com.br

SEO Muniz contato WhatsApp 55 31 99506-1099

Taxas

Minerar o Bitcoin é apenas o primeiro passo, depois precisamos pensar sobre as diferentes taxas para conseguir transformar o Bitcoin em moeda fiduciária e até mesmo a taxa para participar de pools para aumentar a possibilidade de lucro.

Caso você decida participar de uma pool, o que é praticamente uma exigência para ter qualquer lucro, parte da mineração vai para administração da pool. A maior pool do mundo, a Slushpool, atualmente está com taxas de 1%, esse está sendo o padrão do mercado, que pode chegar até 2%.

Já para vender as moedas para obter o lucro em fiat (real), é preciso pensar nas taxas das corretoras.

Halving do Bitcoin

Um outro fator que precisa ser considerado é que a cada 4 anos (em média) o Bitcoin passa pelo Halving, o evento em que a recompensa por mineração de bloco é cortada pela metade. O último aconteceu em maio deste ano, e antes disso cada bloco minerado distribuía 12.5 BTC, atualmente a recompensa é de 6.25 BTC, daqui a quatro anos o valor é cortado ao meio mais uma vez.

Com isso em mente, o halving também é algo muito importante a ser considerado e ser entendido.

Apesar de ter diminuído o número de moedas liberadas, o halving ainda pode trazer um impacto muito positivo no valor da moeda, o que também pode ser um incentivo para mineradores no futuro.

Custos com infraestrutura

E claro, temos também os custos a infraestrutura onde a mineradora vai funcionar, em especial o custo com a energia elétrica, que é o principal fator a ser considerado na hora de saber se vale a pena minerar Bitcoin no Brasil.

Ambiente climatizado

Uma das primeiras preocupações é com o ambiente climatizado, já que é necessário um ambiente frio para o bom funcionamento de um minerador de Bitcoin. Como todo equipamento eletrônico e computacional, um miner gera calor e o calor acaba diminuindo o tempo de vida da máquina.

Um ambiente não climatizado vai fazer o equipamento estragar mais rápido, causar mais custos de manutenção e diminuir consideravelmente a margem para lucros.

Isolamento acústico

Isolamento acústico também é necessário por causa do barulho que uma mineradora pode fazer. Já que ela vai ficar ligada 24h, assim como o sistema de climatização, há um certo barulho envolvido em como fazer bitcoin.

Para evitar problemas com vizinhos em áreas urbanas densas, as paredes também precisarão de tratamento acústico de qualidade.

Gastos com energia elétrica

E agora chegamos no grande X da questão, o gasto com energia elétrica é o principal fator para determinar a lucratividade na hora de minerar Bitcoin.

Se você quer saber exatamente quanto se gasta para minerar Bitcoin aqui no Brasil, o caminho das pedras é o seguinte:

  • Utilize como base o Antminer S19
  • Utilize como base o custo médio de kw/h de 2021: R$1,34 a cada 100kw/h
  • Consumo de 3250W que é informado pelo fabricante do Antiminer S19
  • Utilize uma calculadora de consumo básica e uma de lucro com mineração para adquirir os resultados mensais
  • Considere o preço mais atual do Bitcoin: até o momento de atualização deste artigo a moeda valia R$ 198.495,91
  • Considere a máquina funcionando 24 horas por dia
    (O segredo é ter energia elétrica barata, aí sim vale a pena) nós temos a solução: https://descontocontadeluz.com.br
    SEO Muniz contato WhatsApp 55 31 99506-1099
A partir das calculadoras, você deve calcular:
  • Bitcoins Minerados
  • Valor em Bitcoin minerado por dia (considerando a cotação mais atual da moeda)
  • Custo mensal de energia
  • Calcule o lucro por dia e por mês, abatendo os custos mensais de energia do lucro mensal

Em geral, o gasto é extremamente alto e não compensaria minerar o Bitcoin em casa, sem uma estrutura adequada e um plano para distribuição desses bitcoins.

Isso por que não estamos considerando o gasto com os equipamentos de climatização e também não consideramos períodos de bandeira vermelha.
(O segredo é ter energia elétrica barata, aí sim vale a pena) nós temos a solução: https://descontocontadeluz.com.br
SEO Muniz contato WhatsApp 55 31 99506-1099

Custo da energia na sua cidade

Claro, cada cidade possui uma cobrança diferente de energia e é preciso olhar na sua conta de luz para determinar com mais precisão quanto seria gasto com a mineradora do exemplo ou com qualquer outra.

No entanto, de forma geral, utilizando a média brasileira minerar Bitcoin não é um negócio lucrativo. Não é à toa que os maiores centros de mineração estão em países como a China e Irã, onde a energia (pré-pandemia) tinha um preço muito mais baixo do que é praticado no Brasil.
(O segredo é ter energia elétrica barata, aí sim vale a pena) nós temos a solução: https://descontocontadeluz.com.br
SEO Muniz contato WhatsApp 55 31 99506-1099

Alternativas

Existem diferentes alternativas para a mineração de Bitcoin. O trade por exemplo talvez seja a melhor forma de conseguir Bitcoins sem tanto gasto com a estrutura que citamos durante este guia.

Mas, nunca acredite em promessa milagrosas. Recentemente surgiram vários projetos que prometiam mineração em nuvem com servidores no Paraguai ou outros países. Todos acabaram sendo um esquema de pirâmide e trouxeram vários prejuízos.

Até agora a mineração em nuvem não se provou algo funcional e que pode trazer lucros, por isso é importante pesquisar muito sobre o projeto antes de realizar qualquer investimento.

Além disso, como podemos ver no tópico dos gastos, a mineração própria, neste momento, carece de um investimento alto e um retorno nem tão atrativo assim. Uma ótima alternativa também, com um custo muito menor, é realmente optar por investir na própria moeda.

Minerar outras criptomoedas

Por fim, outra possibilidade é a mineração de outras moedas digitais com menos dificuldade. Moedas pequenas, como DogeCoin, Litecoin, ZCash e Grin são relativamente mais fáceis de gerarem lucros, algumas até são resistentes à ASIC e facilitam a mineração por CPU/GPU.

No entanto, a mineração acaba dependendo muito do valor da criptomoeda e caso uma valorização massiva nas altcoins não chegue, pode ser que montar uma operação de mineração de altcoins também seja pouco ou zero lucrativa aqui no Brasil.

(O segredo é ter energia elétrica barata, aí sim vale a pena) nós temos a solução: https://descontocontadeluz.com.br
SEO Muniz contato WhatsApp 55 31 99506-1099

 
Quer minerar Bitcoin?

Somos especialistas em montagem e execução de mineradoras de bitcoin.

Veja um exemplo abaixo casa queira investir
 

Projeto Mineradora Bitcoin SEO Muniz contato whatsapp 55 31 99506-1099
Projeto Mineradora Bitcoin SEO Muniz contato whatsapp 55 31 99506-1099

Projeto Mineradora Bitcoin investimento SEO Muniz contato whatsapp 55 31 99506-1099

 
 
 
 

Mitos e verdades da economia de energia 

 

Pelas contas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a energia elétrica ficou mais cara 5% neste mês de agosto. A notícia ruim é que a conta vai ficar mais cara em setembro, por conta da mudança no patamar da bandeira vermelha, aquela que é cobrada nos meses em que os reservatórios das hidrelétricas do Sudeste e Centro Oeste estão com baixo estoque de água.

A partir de setembro, o valor da taxa adicional cobrada nas contas de luz passará de R$ 9,49 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) para R$ 14,20. Outro aumento certo vai acontecer em abril do ano que vem, quando ocorre o reajuste anual das tarifas das distribuidoras de energia.

Uma forma de tentar contornar tanto aumento é economizar energia, onde e como for possível. Mas, algumas práticas consolidadas há décadas podem não ser mais tão eficientes.

Então, o que funciona de verdade e o que é mito, em se tratando de economia de energia? Confira!

1 – Lâmpadas de Led são mais econômicas que as fluorescentes – VERDADE

Você deve lembrar da campanha para trocar as antigas lâmpadas incandescentes pelas fluorescentes justamente pelo apelo econômico. Agora são as fluorescentes que precisar dar lugar as lâmpadas de Led. Atualmente as lâmpadas de Led são as mais econômicas que existem. E ela economiza mais energia porque oferece a mesma luminosidade com menos potência. Em alguns casos, a eficiência chega a 50%. Uma lâmpada convencional de 15 Watts pode ser substituída por uma de Led de 8 Watts.

2 – Um equipamento de 127 volts, ou 110 volts gasta menos energia que outro de 220 volts. MITO

Os aparelhos de 110 volts, geralmente são mais baratos, mas em termos de consumo não há diferença em relação a outros de voltagens maiores. O que importa é a potência do aparelho e a forma de uso.

3 – A forma de instalar o chuveiro elétrico pode influenciar no consumo. VERDADE

Uma instalação mal feita, com várias emendas nos fios, pode fazer o consumo de energia aumentar. Não só o chuveiro mas, qualquer instalação elétrica de uma residência, de um comércio ou indústria, pode provocar uma perda de energia maior por dissipação do  calor.

4 – Economizar água pode influenciar na economia de energia também. VERDADE

Um banho mais rápido no chuveiro quente, vai economizar tanto água como energia. Esse é o exemplo básico. Mas, ao gastar menos água, o consumidor vai precisar bombear menos água para os reservatórios e as bombas são acionadas por energia. Além disso, pensando coletivamente, a água economizada em grande quantidade vai contribuir para poupar os estoques dos reservatórios das hidrelétricas e aumentar a geração, o que pode impactar na redução do custo da energia.

5 – Secar roupa atrás da geladeira faz aumentar o consumo de energia. VERDADE

Aquela grade que existe atrás da geladeira funciona como um trocador de calor. Por isso é uma área mais quente. Ao colocar uma roupa ali, a troca de calor fica prejudicada, fazendo com que o motor da geladeira tenha que trabalhar mais para resfriar o compartimento interno do refrigerador.

6 – O local onde o ar condicionado é instalado não influencia o consumo. MITO

Evite instalar o ar condicionado em paredes onde o sol incida diretamente. Assim, evita-se uma leitura errada do termostato do aparelho que pode interpretar que todo o ambiente está aquecido e assim gerar mais frio, consumindo mais energia. Outra coisa é instalar o ar sempre na parte mais alta. Como o ar frio é mais denso, ele desce, refrigerando melhor todo o ambiente.

7 – Deixar o carregador de celular, sem uso, na tomada, não consome energia. MITO

Mesmo que o celular não esteja sendo carregado, há um consumo mínimo ali. É a mesma situação de aparelhos em stand by. O consumo é mínimo, mas existe.

8 – Para quem usa o computador várias vezes ao dia, com intervalos, é melhor deixá-lo desligado do que em stand by. DEPENDE

Se o intervalo for maior do que uma hora, é melhor desligar o computador e só religá-lo quando for usar. Se o intervalo for menor do que uma hora, pode-se deixar o aparelho em repouso com o monitor desligado.

9 – O custo da energia é menor durante a madrugada e nos finais de semana. DEPENDE

Aqui cabe uma explicação mais detalhada. O Brasil abandonou a cobrança diferenciada para os consumidores residenciais, como havia antigamente. Hoje só existem valores diferenciados para o comércio e a indústria.

Para o consumidor residencial é possível optar pela Bandeira Branca para obter um desconto de acordo com o horário de uso da energia. A tarifa branca tem dois momentos mais caros e dois mais baratos. De 16h30 à 17h29 e de 20h30 a 21h29 a tarifa é um pouco maior do que os horários comuns. 

Já de 17h30 à 20h29, que o horário de ponta, a tarifa fica bem cara, praticamente o dobro da tarifa comum, ou seja, tem que se ter muito cuidado ao optar pela Bandeira Branca porque se não ela acaba saindo mais cara para o consumidor residencial, tornando-se inviável.

10 – Vários equipamentos ligados na mesma tomada, com o uso de um “Benjamin”, consomem mais energia. MITO

Apesar de não haver consumo maior essa prática, de ligar vários aparelhos com um “T” ou “Benjamin” na mesma tomada, é condenada pelo alto risco de danos elétricos, superaquecimento e até incêndios.

Para terminar, lembre-se: todo aparelho que aquece ou resfria são os maiores responsáveis pelo gasto de energia de uma residência. Use com moderação ar-condicionado, chuveiro elétrico, forno elétrico, air fry, sanduicheiras e revise as borrachas das portas da geladeira para se certificar de que não está havendo perda de refrigeração.

 

Quer ganhar desconto na energia elétrica de sua residência ou empresa? Então venha conhecer a Lis!

 

Lis Light

 

A Lis chegou para facilitar a vida dos brasileiros na hora de pagar a conta de energia elétrica.

A proposta da Lis é de gerar energia limpa e baratear em até 22% a energia consumida em residências e empresas, facilitando a vida das pessoas nesse momento de pandemia.

A geração de energia solar é feita no parque Solar Fazenda do Sol, em Uberlândia/ MG, região com rica irradiação solar. A Fazenda do sol gera a energia que você consome de forma limpa e sustentável, sem investimento, sem obras e sem fidelidade.

O objetivo é permitir que as pessoas possam reduzir seus custos, em até 22%, com a energia renovável, em forma de compensação na conta de luz.

COMO FUNCIONA

Ao aderir ao consorcio (pessoa jurídica) ou cooperativa (pessoa Física), que é feito com um simples cadastro no site da Lis, você contrata a quantidade de energia conforme seu perfil de consumo.

Esta cota de consumo é calculada com base no histórico de suas últimas 12 contas de energia. A energia chega até você através da rede da CEMIG, que continua sendo responsável pela entrega e medição mensal.

BENEFÍCIOS DA Lis

Nosso principal benefício é a economia de energia sem nenhum investimento! Você pode consumir sua própria energia sem custo e sem fidelidade.

Produzir e consumir sua energia de forma sustentável, aproveitando o potencial solar do Brasil, é outra vantagem para você.

Por último, e não menos importante, parte da sua economia apoia o maior projeto de proteção do cerrado mineiro.

Venha conhecer a Lis! Geramos energia limpa e injetamos na rede da CEMIG. Investimento zero, tudo feito 100% online e sem fidelidade.

Visite nosso site e comece a economizar hoje mesmo!

Cemig BH MG - Desconto na conta de luz  

 
Cemig BH MG - Desconto na conta de luz  

Cemig BH MG – Desconto na conta de luz

 

Solatio energia livre

 

Solatio energia livre 

 
https://solatioenergialivre.com.br/#funciona
 
COMO FUNCIONA?

É a energia do Sol direto para sua casa ou empresa. Todo mundo ganha, principalmente VOCÊ! Veja como é fácil entender como a energia das nossas usinas chega para todos os clientes.

 
Quem pode participar

Qualquer residência, com consumo médio a partir de 150* kWh/mês, ou empresa que consuma a partir de 200* kWh/mês, atendida em baixa tensão.
*Valor de acordo com o tipo de conexão.

Como funciona

Injetamos a energia solar produzida pelas nossas usinas fotovoltaicas na rede da CEMIG.

Dessa forma, ela é distribuída para as unidades consumidoras (residências e empresas). Esse processo é chamado de Sistema de Compensação de Energia Elétrica (SCEE).

Como funciona

ECOnomia na conta de luz.

  • Energia renovável ECOlógica.
  • Adesão 100% digital.
  • Sem investimento.
  • Sem obras.
Precisa de alguma instalação ou obra?

Não! A nossa energia chega até você pela rede elétrica que já está instalada na sua residência/empresa.

Porque a conta de luz é mais barata?

Porque nossa energia é renovável, limpa e mais barata que a energia gerada por hidrelétricas e termoelétricas, que são as mais comuns.

Quanto custa a adesão?

Absolutamente nada! A adesão é 100% digital e gratuita.

Para fazer a adesão é bem simples: você acessa nosso simulador, preenche os campos com os dados do TITULAR da conta de luz da CEMIG e informa seu histórico de consumo. Se você for apto, basta seguir os passos no simulador que você receberá um e-mail para assinar o contrato digital 100% digital.

Como funciona o contrato 100% digital

Após o preenchimento dos dados necessários, nosso sistema gera um contrato que será enviado ao seu email de cadastro.

Ao clicar para assinar, você deverá fazer um breve cadastro na plataforma para então poder revisar e fazer sua assinatura digital. Depois é com a gente! Faremos a revisão de dados e daremos entrada no procedimento para que você possa começar a economizar o quanto antes, se transformando em um ECOlar ou uma ECOempresa.

Quando começo a economizar?

Caso todos os dados estejam corretos e a adesão for efetivada, enviamos a documentação para a Cemig. A expectativa é de que em até 60 dias você comece a consumir energia mais barata. Não se preocupe, vamos te avisando de todos os passos.

Existe multa para cancelar?

Nós queremos você livre para decidir, portanto não cobramos multas de cancelamento. Pedimos apenas um aviso com antecedência de 90 dias para que possamos realocar a sua parte da usina para outro cliente.

Como fica a conta de luz?

Você continuará recebendo a conta de luz da Cemig, normalmente. Nela será faturada a diferença entre energia consumida e energia gerada pelas nossas usinas. Você também vai receber uma fatura do Consórcio ou da Cooperativa Energia Livre referente à energia entregue pelas usinas, com o percentual de desconto contratado.

O que é energia gerada e energia consumida?

Energia gerada é aquela que nossas usinas entregam à sua unidade consumidora. Cada unidade recebe um volume de energia de acordo com o seu consumo médio anual.

Energia Consumida é o seu consumo mensal no mês corrente.

Para quem pago a energia gerada?

A energia gerada pelas usinas solares deverá ser paga ao Consórcio Energia Livre ou à Cooperativa Energia Livre, conforme condições acordadas entre as partes na adesão da unidade consumidora.

E se o consumo for maior do que a geração?

Se consumir mais kWh do que a energia alocada para sua unidade consumidora, você será cobrado(a) normalmente pela Cemig por esses kWh excedentes.

E se o consumo for menor do que a geração?

Se você consumir menos kWh que a energia alocada para sua unidade consumidora, a diferença ficará como crédito na sua conta de luz, que poderá ser utilizado pela unidade consumidora para abater do consumo nos próximos 60 meses.

Cemig BH – Desconto na conta de luz

Desconto na conta de luz para bolsa família

 
Mineradora de Bitcoin – Cemig BH MG – Desconto na conta de luz: Como minerar Bitcoin?

 

Pensando em minerar Bitcoin? Confira aqui quais são os equipamentos e a estrutura necessária para fazer isso de forma eficiente e segura.

A mineração de Bitcoin é um assunto que se tornou muito procurado recentemente, principalmente após a grande alta de 2017. No entanto, as questões sobre como minerar Bitcoin ainda geram muitas dúvidas naqueles que buscam resposta sobre a viabilidade de gerar criptomoedas.

Existem diferentes fatores que determinam como ocorre a mineração e se ainda vale a pena ou não “fazer Bitcoin”.

Será que é interessante minerar Bitcoin? Ou é hora de buscar outras alternativas? Bom, primeiro de tudo é preciso entender o que é a mineração de uma criptomoeda e como ela funciona.

Como funciona a mineração de Bitcoin

Bitcoin é uma moeda de Proof-of-Work (Prova de trabalho, em tradução livre), isso quer dizer que ela precisa de um certo poder computacional (conhecido também como hashrate) para conseguir confirmar as suas transações.

Como o Bitcoin é descentralizado e não possui nenhum servidor próprio, essa computação é garantida por vários computadores presentes na rede, cada computador é chamado de “Nó” ou “Node”.

Os muitos computadores disputam entre si para resolver uma equação matemática (chamada de Hash) que confirmam uma transação e mantêm a segurança da rede.

O Node que consegue resolver a equação minera um bloco e recebe a recompensa pela atividade como incentivo para os mineradores se manterem na rede. De forma bem simples, é assim que a mineração do Bitcoin funciona.

Recentemente as Pools de mineração se tornaram populares. Ao invés de um computador individual realizando a mineração, centenas ou milhares de máquinas unem o seu poder computacional em um grupo. O valor de Bitcoin adquirido é distribuído entre todos os membros.

Também é necessário prestarmos atenção na Dificuldade de Mineração do Bitcoin, parte da programação do protocolo que se ajusta para que a produção de blocos não fique difícil ou fácil de mais, garantindo a segurança da blockchain sem perder o interesse do minerador de Bitcoin.

A dificuldade é ajustada a cada 2016 blocos, mais ou menos duas semanas, e depende do poder computacional.

Equipamentos

Na teoria, minerar Bitcoin é uma atividade que pode ser realizada em qualquer computador com um bom processador, porém, é preciso dar muita ênfase em “Na teoria.”

No começo da blockchain, era possível utilizar parte do processamento normal de um desktop para minerar Bitcoin e obter um certo lucro, mas com o aumento de interesse em participar da hashrate do Bitcoin, os CPUs começaram a não dar conta da dificuldade da rede e perder para equipamentos mais rápidos.

Existem diferentes equipamentos minerador de Bitcoin, no entanto, para ficar na frente da concorrência e obter lucros é fundamental contar com mineradoras especializadas nessa atividade.

Com a evolução da tecnologia e o aumento na dificuldade da mineração de bitcoins, o uso de computadores domésticos para fazer mineração já não é uma prática comum, mesmo aqueles computadores que contavam com poderosas placas de vídeo. Atualmente há equipamentos específicos para mineração de Bitcoin que tornaram praticamente impossível fazer a mineração de outra forma.

A empresa Bitmain, especialista em chips de circuito integrado específicos de aplicativos para mineração de Bitcoin, por volta de 2014 estreou sua tecnologia chips ASICS, feitos exclusivamente para a mineração da moeda. Por conta disso, as máquinas que contam com este chip performam a atividade de mineração muito melhor do que qualquer outro computador, tornando até mesmo inviável realizar a mineração por outras maneiras.

A máquina que roda o sistema chips ASICS que você deve comprar caso queira minerar seus próprios bitcoins é a Antminer.

Atualmente o valor da última geração da máquina, a Antminer S19, está em torno de US 2.767, equivalente a R$ 14.848,51. E você pode comprá-la aqui!

Como minerar Bitcoin máquina, a Antminer S19 

Como minerar Bitcoin máquina, a Antminer S19

Mineradora

Enquanto os CPUs se tornaram fracos demais na mineração de Bitcoins, as GPUs (conhecidas também como placas de vídeo) acabaram adotando o lugar da computação tradicional. A mineração com placas de vídeo ganhou força por volta de 2012 e se manteve por alguns anos.

Até hoje você encontra modelos de minerador de Bitcoin feitos com placas de vídeo, mas mesmo as que possuem 2 ou 4 placas de vídeo em um único nó já não são lucrativas o suficiente para combinar com as novas mineradoras.

Atualmente o mercado é completamente dominado pelas Mineradoras ASIC.

Application-Specific Integrated Circuit, ou Circuitos Integrados de Aplicação Específica, chamados popularmente de ASIC são processadores especializados na mineração de diferentes criptomoedas.

Por ser desenvolvida única e exclusivamente para a mineração, um equipamento do tipo é fundamental para quem quer minerar Bitcoin atualmente. Todas as grandes mineradoras, pequenas ou grandes, utilizam esses equipamentos.

É possível minerar em casa?

Sim, é possível minerar em casa, no entanto, é praticamente impossível obter lucro.

É possível minerar com os equipamentos ASIC, com GPUs, CPUs e muitos outros, recentemente alguns engenheiros conseguiram instalar um programa de mineração no computador do programa Apollo usado na missão tripulada para a Lua nos anos 60.

Mas a mineração em casa é um grande risco de investimento por causa do quanto custa para comprar as máquinas, criar uma instalação necessária, garantir a climatização correta e até mesmo isolamento acústico.

Vale a pena minerar Bitcoin?

Uma mineradora sai caro demais para ser mantida em relação de um possível lucro obtido no mês, pelo menos no Brasil. Por aqui, com o preço da energia custando o dobro da energia do Paraguai e o mesmo da energia dos EUA, não é possível garantir que minerar Bitcoin vale a pena.

Mas claro, vamos explicar para você porque não vale a pena minerar Bitcoin no Brasil. (O segredo é ter energia elétrica barata, aí sim vale a pena) nós temos a solução: https://descontocontadeluz.com.br 

SEO Muniz contato WhatsApp 55 31 99506-1099

Custos com máquinas

O primeiro custo que teremos ao colocar uma taxa de mineração é a compra de uma ou mais mineradoras. Uma única mineradora, mesmo que ASIC, não terá poder para gerar um lucro bom o suficiente, por isso é preciso pensar em uma operação com mais de uma máquina.

No entanto, para fins comparativos, pensaremos na compra, instalação e operação de um único modelo Antminer T17, com capacidade de 58 TH(TeraHash)/s

Esse é um dos novos modelos da marca mais utilizada no mundo. Os antigos modelos (Antminer S9) que foram os mais populares há alguns anos, hoje já não são mais lucrativos e até mesmo são vendidos por um preço baixo no mercado secundário.

O modelo mais barato dessa linha no site oficial da Bitmain custa US 2.767, ou seja R$ 14.848,51 em conversão direta para o real.

Mas claro, primeiro precisamos pensar no frete e na possível taxação pela Receita Federal. Para se ter uma ideia, modelos do minerador de Bitcoin Antiminer T17 vendidos aqui no Brasil podem chegar a até R$ 16 mil, o que dá uma ideia dos custos extras com a compra do produto.

Esse é um investimento muito alto para uma atividade que pode ser considerada arriscada, devido a fatores que vamos explicar a seguir.
(O segredo é ter energia elétrica barata, aí sim vale a pena) nós temos a solução: https://descontocontadeluz.com.br 

SEO Muniz contato WhatsApp 55 31 99506-1099

Taxas

Minerar o Bitcoin é apenas o primeiro passo, depois precisamos pensar sobre as diferentes taxas para conseguir transformar o Bitcoin em moeda fiduciária e até mesmo a taxa para participar de pools para aumentar a possibilidade de lucro.

Caso você decida participar de uma pool, o que é praticamente uma exigência para ter qualquer lucro, parte da mineração vai para administração da pool. A maior pool do mundo, a Slushpool, atualmente está com taxas de 1%, esse está sendo o padrão do mercado, que pode chegar até 2%.

Já para vender as moedas para obter o lucro em fiat (real), é preciso pensar nas taxas das corretoras.

Halving do Bitcoin

Um outro fator que precisa ser considerado é que a cada 4 anos (em média) o Bitcoin passa pelo Halving, o evento em que a recompensa por mineração de bloco é cortada pela metade. O último aconteceu em maio deste ano, e antes disso cada bloco minerado distribuía 12.5 BTC, atualmente a recompensa é de 6.25 BTC, daqui a quatro anos o valor é cortado ao meio mais uma vez.

Com isso em mente, o halving também é algo muito importante a ser considerado e ser entendido.

Apesar de ter diminuído o número de moedas liberadas, o halving ainda pode trazer um impacto muito positivo no valor da moeda, o que também pode ser um incentivo para mineradores no futuro.

Custos com infraestrutura

E claro, temos também os custos a infraestrutura onde a mineradora vai funcionar, em especial o custo com a energia elétrica, que é o principal fator a ser considerado na hora de saber se vale a pena minerar Bitcoin no Brasil.

Ambiente climatizado

Uma das primeiras preocupações é com o ambiente climatizado, já que é necessário um ambiente frio para o bom funcionamento de um minerador de Bitcoin. Como todo equipamento eletrônico e computacional, um miner gera calor e o calor acaba diminuindo o tempo de vida da máquina.

Um ambiente não climatizado vai fazer o equipamento estragar mais rápido, causar mais custos de manutenção e diminuir consideravelmente a margem para lucros.

Isolamento acústico

Isolamento acústico também é necessário por causa do barulho que uma mineradora pode fazer. Já que ela vai ficar ligada 24h, assim como o sistema de climatização, há um certo barulho envolvido em como fazer bitcoin.

Para evitar problemas com vizinhos em áreas urbanas densas, as paredes também precisarão de tratamento acústico de qualidade.

Gastos com energia elétrica

E agora chegamos no grande X da questão, o gasto com energia elétrica é o principal fator para determinar a lucratividade na hora de minerar Bitcoin.

Se você quer saber exatamente quanto se gasta para minerar Bitcoin aqui no Brasil, o caminho das pedras é o seguinte:

  • Utilize como base o Antminer S19
  • Utilize como base o custo médio de kw/h de 2021: R$1,34 a cada 100kw/h
  • Consumo de 3250W que é informado pelo fabricante do Antiminer S19
  • Utilize uma calculadora de consumo básica e uma de lucro com mineração para adquirir os resultados mensais
  • Considere o preço mais atual do Bitcoin: até o momento de atualização deste artigo a moeda valia R$ 198.495,91
  • Considere a máquina funcionando 24 horas por dia
    (O segredo é ter energia elétrica barata, aí sim vale a pena) nós temos a solução: https://descontocontadeluz.com.br
    SEO Muniz contato WhatsApp 55 31 99506-1099
A partir das calculadoras, você deve calcular:
  • Bitcoins Minerados
  • Valor em Bitcoin minerado por dia (considerando a cotação mais atual da moeda)
  • Custo mensal de energia
  • Calcule o lucro por dia e por mês, abatendo os custos mensais de energia do lucro mensal

Em geral, o gasto é extremamente alto e não compensaria minerar o Bitcoin em casa, sem uma estrutura adequada e um plano para distribuição desses bitcoins.

Isso por que não estamos considerando o gasto com os equipamentos de climatização e também não consideramos períodos de bandeira vermelha.
(O segredo é ter energia elétrica barata, aí sim vale a pena) nós temos a solução: https://descontocontadeluz.com.br
SEO Muniz contato WhatsApp 55 31 99506-1099

Custo da energia na sua cidade

Claro, cada cidade possui uma cobrança diferente de energia e é preciso olhar na sua conta de luz para determinar com mais precisão quanto seria gasto com a mineradora do exemplo ou com qualquer outra.

No entanto, de forma geral, utilizando a média brasileira minerar Bitcoin não é um negócio lucrativo. Não é à toa que os maiores centros de mineração estão em países como a China e Irã, onde a energia (pré-pandemia) tinha um preço muito mais baixo do que é praticado no Brasil.
(O segredo é ter energia elétrica barata, aí sim vale a pena) nós temos a solução: https://descontocontadeluz.com.br
SEO Muniz contato WhatsApp 55 31 99506-1099

Alternativas

Existem diferentes alternativas para a mineração de Bitcoin. O trade por exemplo talvez seja a melhor forma de conseguir Bitcoins sem tanto gasto com a estrutura que citamos durante este guia.

Mas, nunca acredite em promessa milagrosas. Recentemente surgiram vários projetos que prometiam mineração em nuvem com servidores no Paraguai ou outros países. Todos acabaram sendo um esquema de pirâmide e trouxeram vários prejuízos.

Até agora a mineração em nuvem não se provou algo funcional e que pode trazer lucros, por isso é importante pesquisar muito sobre o projeto antes de realizar qualquer investimento.

Além disso, como podemos ver no tópico dos gastos, a mineração própria, neste momento, carece de um investimento alto e um retorno nem tão atrativo assim. Uma ótima alternativa também, com um custo muito menor, é realmente optar por investir na própria moeda.

Minerar outras criptomoedas

Por fim, outra possibilidade é a mineração de outras moedas digitais com menos dificuldade. Moedas pequenas, como DogeCoin, Litecoin, ZCash e Grin são relativamente mais fáceis de gerarem lucros, algumas até são resistentes à ASIC e facilitam a mineração por CPU/GPU.

No entanto, a mineração acaba dependendo muito do valor da criptomoeda e caso uma valorização massiva nas altcoins não chegue, pode ser que montar uma operação de mineração de altcoins também seja pouco ou zero lucrativa aqui no Brasil.

(O segredo é ter energia elétrica barata, aí sim vale a pena) nós temos a solução: https://descontocontadeluz.com.br
SEO Muniz contato WhatsApp 55 31 99506-1099

 
Quer minerar Bitcoin?

Somos especialistas em montagem e execução de mineradoras de bitcoin.

Veja um exemplo abaixo casa queira investir
 

Projeto Mineradora Bitcoin SEO Muniz contato whatsapp 55 31 99506-1099 
Projeto Mineradora Bitcoin SEO Muniz contato whatsapp 55 31 99506-1099

Projeto Mineradora Bitcoin investimento SEO Muniz contato whatsapp 55 31 99506-1099 

 
 
 
 

Comente o que achou:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×

Como posso te ajudar?

× Como posso te ajudar?