Produtos eletrônicos amazon

Qual o impacto da energia solar fotovoltaica para a economia Brasileira?

Qual o impacto da Energia solar fotovoltaica para a economia Brasileira 

Qual o impacto da Energia solar fotovoltaica para a economia Brasileira

 

O aumento significativo nas contas de energia elétrica decorrente da alta do consumo e da crise hídrica que o Brasil enfrenta, tem gerado maior interesse e necessidade de se fazer uso de novas fontes de energia. Uma alternativa para economizar pode ser a substituição do sistema tradicional pela Energia Fotovoltaica.

O mercado brasileiro de Energia Fotovoltaica está em plena ascensão. De acordo com a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), o setor deve ter um aumento de 44% na capacidade instalada em 2019, ultrapassando a marca de 3,3 gigawatts (GW) e atraindo ao país mais de R$ 5,2 bilhões em investimentos privados. O faturamento do mercado como um todo deve ter um aumento de 88,3%, em comparação a 2018.

Com benefícios diretos como a facilidade de recuperação do investimento, por meio da economia na conta de energia; proteção contra aumentos de tarifa; valorização do imóvel e o compromisso com o meio ambiente, a alteração da matriz energética tem se tornado um bom investimento e uma alternativa cada mais vez mais atraente e acessível para o bolso do brasileiro.

O Brasil possui um grande potencial para explorar esta rica fonte de energia. Em muitas regiões do país existe espaço disponível e alta incidência solar, ambos fundamentais para a implantação desta tecnologia. Em outros países com bem menos potencial, a energia solar representa uma fatia significativa na geração de energia. Contudo, no Brasil, o uso dessa fonte equivale a somente 1% do total gerado. Além disso, esse tipo de energia é sustentável, ou seja, “limpa”. Portanto seu uso gera menos impacto para o meio ambiente.

Os países em desenvolvimento foram os que mais avançaram no uso dessa alternativa. Brasil, México e Jordânia, por exemplo, viram sua capacidade duplicar no ano de 2016. Mas o líder no uso de energia solar é a China, produzindo 130 GW enquanto o Brasil não chega a 2GW. Fábricas chinesas produzem painéis solares, portanto, o país incentiva o uso dessa matriz energética por outras regiões afim de que suas demandas aumentem.

Incentivos para a produção de energia limpa

Os incentivos governamentais têm ajudado a impulsionar o crescimento do mercado fotovoltaico no país. Hoje, no Brasil, existem diversos estímulos oferecidos pelo governo para pessoas e indústrias produzirem energia limpa. Programas do Ministério de Minas e Energia e da Caixa Econômica Federal, por exemplo, oferecem linhas de crédito e parcelamento para instalação de energia solar em até 20 anos.

No panorama de captação de energia solar no Brasil, a primeira resolução normativa, publicada pela Aneel – Agência Nacional de Energia Elétrica – em 2012, foi considerada um marco histórico, ao permitir que consumidores possam gerar e consumir sua própria energia elétrica a partir de fontes renováveis. Neste ano, o órgão tem realizado audiências públicas para regulamentar a microgeração e minigeração de energia fotovoltaica.

A energia solar se caracteriza como uma boa alternativa por se tratar de uma fonte renovável. Quando comparada à hidrelétrica, a opção fotovoltaica é atrativa principalmente para estados que sofrem estiagem como São Paulo, por exemplo. Lembrando também do peso para a sustentabilidade. A energia gerada em usinas hidrelétricas causa impactos ambientais, trazendo prejuízos para as represas. Por isso, existe o esforço para que se crie uma conscientização da importância do uso dessa tecnologia.

Vantagens da Energia Solar 

Mas a possibilidade de economizar energia elétrica não é a única vantagem de um sistema fotovoltaico.

Conheça os 6 principais benefícios da energia solar fotovoltaica abaixo:

#1 Rápido Retorno do Investimento

A aquisição de um sistema solar é um investimento, e como tal possui um prazo de retorno.

Chamado também de payback, esse prazo de amortização é bem atraente para sistemas instalados no Brasil.

Segundo o estudo da empresa de Energia Comerc, que estimou o prazo para cada uma das capitais brasileiras, um sistema solar residencial no Brasil, hoje, tem payback médio de 3,52 anos.

Já um sistema comercial consegue se pagar em torno de 5,83 anos.

#2 Longa Vida Útil da Tecnologia

Embora fiquem expostas todos os dias sob o sol e chuva, as placas fotovoltaicas possuem uma vida útil acima de 25 anos.

Além disso, a maioria dos fabricantes garantem, até esse prazo, uma eficiência de no mínimo 80% em relação ao original.

Ou seja, até o final do seu 25º ano de vida, um módulo irá gerar pelo menos 80% da quantidade de energia que gerava no começo.

O inversor, que é o outro grande equipamento do sistema, possui vida útil de no mínimo 15 anos.

Esta pode ser ainda maior se o sistema receber as manutenções necessárias.

#3 Pouca Manutenção

Apesar de gerarem energia 12 horas por dia, sistemas solares necessitam de pouquíssima manutenção.

A principal delas, e que pode ser feita pelo próprio consumidor, é a limpeza dos módulos.

Mas isso é só no caso deles estarem muito sujos, o que não é frequente visto que eles possuem uma película antiaderente que previne o acúmulo de sujeira.

No caso da poeira, a própria água da chuva se encarrega de levar embora.

Em caso de excesso de poluição ou excremento de pássaros, a limpeza é simples e necessita apenas de um jato d’água e uma vassoura de cerdas macias.

#4 Resistência a Intempéries

Além de pouca manutenção, o consumidor que instala um sistema pode ficar tranquilo quanto aos frequentes reparos necessários.

Os geradores têm seus equipamentos fabricados com as mais resistentes proteções contra surtos e danos físicos.

O painel, por estar vulnerável sobre o telhado, possui tamanha resistência que aguenta impactos de bolas de granizo, o que garante seu funcionamento durante a sua longa vida útil.

#5 Geração Silenciosa

Diferente de um gerador a diesel, um sistema fotovoltaico gera energia de forma silenciosa.

O processo de conversão da luz em energia é fotoquímico e não mecânico.

Isso ocorre silenciosamente dentro de cada uma das células que compõem o módulo (placa solar).

#6 Proteção

Por fim, mas não menos importante, a energia solar é a solução definitiva para uma velha conhecida dos brasileiros: a inflação energética.

Segundo dados do Ministério de Minas e Energia (MME), ela já acumula um aumento de 499% no valor da energia elétrica desde 2012.

E, infelizmente, esses aumentos não devem acabar tão cedo.

As graves estiagens continuam castigando os reservatórios das hidrelétricas no país, aumentando o uso de termelétricas que produzem energia mais cara.

Além disso, novos aumentos são esperados devido aos efeitos da pandemia do coronavírus no setor elétrico do Brasil.

Portanto, gerar energia solar é também ficar livre da inflação por mais de 25 anos.

Cada sistema é projetado para atender o consumo elétrico de determinada casa ou empresa.

Assim, quanto maior o consumo, maior o sistema e seu custo, mas também a economia com energia elétrica.

Por essa razão, não existe uma tabela de preços para sistemas de energia solar.

Mas existe um jeito muito fácil para você conhecer a estimativa do custo do seu sistema: uma calculadora solar.

Através dela você poderá conhecer o custo do sistema ideal para a sua casa ou empresa.

Basta informar a média do seu consumo de energia para que, em segundos, você conheça o resultado.

Passo a passo para instalar um sistema e economizar energia elétrica

São 4 passos para instalar um sistema de energia solar na sua casa ou empresa.

Orçamento

Os resultados apresentados no simulador solar, embora bem próximos, são apenas estimativas.

Para conhecer de verdade o seu projeto, você precisa solicitar o seu orçamento junto à empresa de energia solar, que também pode ser feito de forma on-line clicando aqui.

Além do valor final, no orçamento você também poderá conhecer a marca e modelos dos equipamentos que serão instalados.

Projeto

Após fechar o orçamento com a empresa, o próximo passo é a realização do seu projeto.

Para isso, a equipe técnica da empresa irá até o local para realizar a visita técnica, quando são coletadas as informações necessárias para o dimensionamento e instalação do sistema.

São analisadas questões como o espaço disponível e condições do telhado para recebimento do grupo de placas solares.

Isso é feito através de drones, evitando que técnicos precisem subir no telhado.

Para a escolha do local de instalação do inversor fotovoltaico, que leva poucos minutos em um local com pouquíssima circulação, existe um protocolo de segurança estipulado, não havendo necessidade de contato físico com o cliente durante esse processo.

Após colhidas essas informações, os engenheiros da empresa irão realizar o projeto do seu sistema que será entregue à distribuidora.

Instalação 

A instalação do sistema é a etapa mais rápida de todo o processo e acontece quase que totalmente na parte externa.

Dependendo do porte do imóvel, ela pode ser realizada em até 2 dias por uma equipe de 3 instaladores.

Todos os equipamentos do sistema são instalados, testados e conectados, seguindo um protocolo de higiene e segurança.

O acabamento dado na instalação é um quesito que distingue uma boa empresa nessa hora.

Especialmente no inversor, que deve ficar visível e ao alcance do proprietário para acompanhamento da geração do seu sistema.

Conexão

Por fim, o último passo para começar a sua economia com energia solar é a conexão do seu sistema à rede elétrica.

Essa parte é realizada pela própria equipe da distribuidora, que irá até o local para a vistoria da instalação.

Cabe aos técnicos averiguarem se as condições estão de acordo com o projeto apresentado pela empresa de energia solar.

Com tudo em ordem, a equipe então realiza a troca do relógio medidor pelo modelo bidirecional.

Esse relógio permite medir tanto a energia que vem da rede, como a energia injetada pelo sistema fotovoltaico.

Após realizar os últimos testes, a equipe irá conectar o seu sistema à rede elétrica e pronto!

Agora seu sistema já está funcionando e possibilitando você a economizar energia elétrica.

Como funciona a Solução Fotovoltaica

A energia solar fotovoltaica é um processo de conversão de energia que transforma a radiação solar em energia elétrica. Essa conversão acontece graças às células fotovoltaicas. Elas são fabricadas de materiais semicondutores, como o silício.

Quando as partículas de luz solar (fótons) colidem com os átomos das diversas células fotovoltaicas que estão acopladas às placas, acontece o deslocamento dos elétrons, e assim a geração de energia elétrica.

A energia gerada por essas placas é em corrente continua (CC), porém a energia consumida em sua residência, comercio ou indústria é fornecida em corrente alternada (CA), por isso instalamos um inversor, que faz a conversão da corrente continua para a corrente alternada.

Após esse processo, a energia gerada está pronta para ser consumida, e o excedente é injetado na rede da concessionária local.

O sistema solar fotovoltaico é capaz de economizar em até 90% os valores da conta de energia elétrica, além disso proporciona a valorização do seu imóvel em até 20%. Em algumas cidades já se aplica o IPTU verde, ou seja, instalando o sistema você consegue desconto no IPTU, dentre outros benefícios como, fonte de energia limpa, renovável, de simples instalação e vida útil prolongada. As instituições financeiras vendo o aumento na demanda dessa tecnologia, criaram linhas de financiamento exclusivas para este fim, facilitando a forma de pagamento e trazendo ainda mais vantagem.

 

Quer ganhar desconto na energia elétrica de sua residência ou empresa? Então venha conhecer a Lis!

 

Lis Light

 

Lis chegou para facilitar a vida dos brasileiros na hora de pagar a conta de energia elétrica.

A proposta da Lis é de gerar energia limpa e baratear em, no mínimo, 10% a energia consumida em residências e empresas, facilitando a vida das pessoas nesse momento de pandemia.

A geração de energia solar é feita no parque Solar Fazenda do Sol, em Uberlândia/ MG, região com rica irradiação solar. A Fazenda do sol gera a energia que você consome de forma limpa e sustentável, sem investimento, sem obras e sem fidelidade.

O objetivo é permitir que as pessoas possam reduzir seus custos com a energia renovável, em forma de compensação na conta de luz.

 
COMO FUNCIONA

Ao aderir ao consorcio (pessoa jurídica) ou cooperativa (pessoa Física), que é feito com um simples cadastro no site da Lis, você contrata a quantidade de energia conforme seu perfil de consumo.

Esta cota de consumo é calculada com base no histórico de suas últimas 12 contas de energia. A energia chega até você através da rede da CEMIG, que continua sendo responsável pela entrega e medição mensal.

 
BENEFÍCIOS DA Lis

Nosso principal benefício é a economia de energia sem nenhum investimento! Você pode consumir sua própria energia sem custo e sem fidelidade.

Produzir e consumir sua energia de forma sustentável, aproveitando o potencial solar do Brasil, é outra vantagem para você.

Por último, e não menos importante, parte da sua economia apoia o maior projeto de proteção do cerrado mineiro.

Venha conhecer a Lis! Geramos energia limpa e injetamos na rede da CEMIG. Investimento zero, tudo feito 100% online e sem fidelidade.

Visite nosso site e comece a economizar hoje mesmo!

Comente o que achou:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Produtos eletrônicos amazon
×

Como posso te ajudar?

× Como posso te ajudar?